Carrinho

Conhecer as características dos diferentes tipos de grãos de café é uma vantagem e tanto para quem procura uma verdadeira experiência gastronômica com a bebida. Cada grão traz particularidades relacionadas à acidez, doçura e aroma, por exemplo.

Por isso que, quanto mais você experimentar os diferentes tipos de café e prestar atenção nas suas características, mais agradável e interessante se tornará o simples ato de tomar um “cafezinho”.

Para ajudar nesse processo de descobrimento, listamos abaixo alguns dos grãos mais apreciados e suas principais características. Você também confere algumas informações sobre a relação do Brasil com o café. Confira!

Brasil e a produção de café

O Brasil é o maior produtor de café do mundo, mas, além dele, países como Colômbia, Vietnã e Etiópia também se destacam na produção do grão. E é bacana saber essa informação porque, de acordo com a variedade cultivada, tipo solo e mesmo clima, cada grão vai ter características diferenciadas que você precisa conhecer para aprimorar sua experiência! Veja, a seguir, os diferentes grãos.

1. Café Arábica

Essa variedade surgiu nas montanhas da Etiópia, na África, e não é por acaso que uma das principais recomendações para a plantação desse café é considerar a altitude do local. Quanto mais alto ele for cultivado, melhor será a qualidade do grão.

Normalmente, as bebidas consideradas especiais são feitas com o café Arábica que, apesar de ter um teor de cafeína mais baixo, tem uma complexidade de aromas muito particular. Alguns dos cafés mais consumidos no Brasil e de melhor qualidade são originários dessa variedade, como o Novo Mundo e Bourbon, por exemplo.

Powered by Rock Convert

2. Café Robusta

Para efeitos de comparação, o café Robusta tem o dobro de cafeína do que o Arábica e, justamente por isso, é considerado uma bebida forte. É um dos grãos mais produzidos no mundo e isso acontece porque é um tipo que se adapta a diferentes meios ambientais e suporta bem muitas doenças.

Ao provar uma bebida feita com o Robusta, certamente você vai perceber uma textura suave, baixa acidez e um corpo pesado por conta das notas amargas. Assim como o Arábica, o Robusta também está presente em outros grãos de café que são resultados de misturas.

3.Café Geisha

Apesar do nome nos fazer lembrar o Japão, essa variedade de café não tem nenhuma relação com o país oriental. Pelo contrário, o café Geisha é originário da Etiópia e tem sido produzido na América Latina, especialmente no Panamá.

Seu cultivo não é muito popular por conta do baixo rendimento, no entanto, na província panamenha de Chiriquí o café Geisha é estrela e sua produção é exportada para diversos países. Quanto às características, a bebida é considerada delicada, com aromas florais e notas frutadas.

4. Café Kona

O café Kona é cultivado na cidade de mesmo nome localizada no Havaí, Estados Unidos. A região é conhecida pelo colo vulcânico, que confere características especiais a esse grão considerado como um dos melhores do mundo! Na boca, o Kona é aveludado e traz um sabor de frutas também.

Claro que conhecer as diferenças entre os cafés é importante para fazer as melhores escolhas para o seu tipo de paladar. Mas não se esqueça também de procurar os melhores fornecedores do mercado, pois serão eles que garantirão que o produto escolhido tenha a qualidade que você procura para apreciar a melhor bebida.

E se você gostou deste conteúdo sobre tipos de grãos de café, aproveite para compartilhar o post nas suas redes sociais. Assim, seus amigos também vão ter acesso ao melhor conteúdo sobre café!

Moka Clube

Moka Clube

Nós garimpamos, nós torramos, nós embalamos; o carteiro cheiroso te entrega, você delira.