Carrinho

O cafezinho faz parte da cultura e da rotina do brasileiro, tanto que é a segunda bebida mais consumida no país (atrás apenas da água). Mas você já parou para pensar qual a origem do café e como ele chegou ao Brasil? Essa é uma história antiga, interessante e muito importante para várias sociedades que hoje são grandes produtoras do grão.

Quer entender melhor o caminho que o café levou desde sua origem até ir parar na sua xícara? Continue a leitura e surpreenda-se!

De onde veio o café?

A origem do café ainda é incerta, pois muitas lendas rodeiam essa história. Embora não possa ser comprovada cientificamente, a mais aceita é a de Kaldi, pastor que viveu na Etiópia há cerca de mil anos.

A lenda diz que o pastor notou que suas cabras apresentavam um comportamento mais ativo e alegre depois que mastigavam frutos avermelhados de alguns arbustos — o que contribuía para que elas conseguissem percorrer muitos quilômetros.

Intrigado, Kaldi levou a informação para um monge, que utilizou os frutos na forma de infusão para, assim, conseguir absorver as capacidades estimulantes dos grãos. Tal prática se espalhou rapidamente pela cidade e a bebida ficou cada vez mais procurada.

Como foi a chegada à Europa?

Apesar de a Etiópia ser o berço do café, foi a Arábia Saudita a grande responsável pela propagação da bebida. Isso porque o cultivo do grão assumiu grande importância econômica e era mantido como um segredo pelos árabes.

Powered by Rock Convert

Aos poucos, o café chegou à Europa por meio das viagens feitas até o oriente. Em Amsterdã, na Holanda, as primeiras mudas foram plantadas e, em pouco tempo, o café já era uma das bebidas mais consumidas no continente europeu. Assim, o que antes já foi um segredo passou a ser um hábito em diversos lugares do mundo.

Como surgiu o costume de consumir o café?

A cultura do café teve diferentes perspectivas ao redor do mundo. Para os árabes, a ingestão até mesmo in natura estava relacionada principalmente com as propriedades estimulantes dos frutos. Com o surgimento das primeiras cafeterias, o consumo ganhou um aspecto social e esses lugares se tornaram pontos de encontro entre comerciantes para negócios e lazer.

Na Europa, tomar café virou um hábito associado aos encontros sociais. Considerada uma bebida de prestígio na sociedade, era consumida por pessoas do alto escalão europeu. Também foi nesse continente, mais precisamente em Veneza, na Itália, que se iniciou o costume de coar o café e acrescentar leite a ele.

Como chegou ao Brasil?

A história do café no Brasil começa no norte do país, em 1727. A primeira muda foi trazida clandestinamente pelo Sargento-mor Francisco de Melo Palheta, que tinha objetivos comerciais. Depois, o cultivo do café chegou ao Maranhão, Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais.

Em pouco tempo, os grãos, que já tinham grande valor comercial no mundo, tornaram-se também a base da economia brasileira — fato de extrema importância para o crescimento do país. Não é a toa que hoje o Brasil é um dos países que mais se destaca por produzir café de qualidade e exportá-lo para todo o mundo.

A origem do café conta fatos muito interessantes. Quando compreendemos melhor como tudo aconteceu, podemos ter uma ideia do papel que esse pequeno grão desempenhou para o desenvolvimento de diversas nações.

Já conhecia a origem do café? Comente abaixo o que você achou de saber mais sobre essa bebida que traz tanto sabor para o nosso dia a dia.

Moka Clube

Moka Clube

Nós garimpamos, nós torramos, nós embalamos; o carteiro cheiroso te entrega, você delira.