Skip to main content

Carrinho

Não é segredo para ninguém que o café é queridinho dos brasileiros e está sempre presente em nosso dia a dia. No entanto, com tanta fama, também aparecem especulações sobre a bebida. 

Há aqueles que afirmam que o pretão faz bem para a ressaca ou mesmo que juram que o líquido causa dependência. Será que tudo é verídico? Fomos atrás de respostas e desvendamos, de vez, mitos e verdades do café.

Estudos sobre o café: o que precisamos saber?

Além de estar presente na mesa dos brasileiros, o café está dentro dos laboratórios, sendo objeto de estudos e de muitas descobertas. Foram nesses lugares que foi possível descobrir os benefícios do café para a saúde, trabalhar em melhoramentos genéticos, entre outros avanços na área. 

Homem mexendo com grãos de café

São os pesquisadores que desvendam se os benefícios do café na saúde são mito ou realidade.

Por isso, analisar o grão e a bebida é importante e essencial para conhecermos mais sobre o pretão. Existem diversos pesquisadores que dedicam uma vida inteira de trabalho a esse assunto, como médicos, nutricionistas e biomédicos, profissionais que fomos atrás para saber alguns mitos e verdades do café

Mitos e verdades sobre o café

É bem comum encontrarmos diversos mitos e verdades sobre o café. Há alguns que são passados por gerações ou vêm de sabedoria popular, mas será que podemos acreditar mesmo? Separamos uma lista dos principais deles para esclarecer de uma vez por todas.

Café coado tem mais sabor que o espresso?

Mito. 

O café espresso é feito por meio de uma técnica de pressão do pó no filtro. Isso faz com que as características do grão sejam extraídas ao máximo, ficando bem acentuadas, ou seja, a bebida fica encorpada e com sabor realçado.

Já no coador, os óleos essenciais do café deslizam pelo filtro de papel resultando em uma bebida muito mais cremosa, mas nem por isso mais acentuada que o espresso. 

Banner para comprar cafés online

Café é recomendado antes de praticar exercício físico?

Verdade. 

Os pesquisadores e nutricionistas, Danielle Faria Silva e Lucas Costa Guimarães, afirmam que, na verdade, é a cafeína no café que potencializa o desempenho nas atividades físicas. 

A substância provoca estímulos no sistema nervoso central, fazendo com que aconteça uma mobilização das gorduras, melhorando a contração muscular. No entanto, algumas especificidades, como sexo, peso, tipo de exercício, entre outras, podem alterar esse resultado. 

O mais indicado, portanto, é consultar um profissional caso decida ingerir café antes do exercício para que haja resultados reais.

Grávida não pode tomar café?

Verdade e mito.

Pode parecer confuso ser verdade e mito, mas explicamos. Apesar de ainda ser um assunto bem contraditório entre os pesquisadores do tema, há possibilidade de grávidas tomarem café, sem nenhum tipo de consequência. No entanto, é preciso se atentar à quantidade. As médicas Filipa Matias, Alice Jeri e Sofia Rodrigues recomendam uma quantidade de 100 mg a 150 mg de cafeína por dia.

Ainda assim, há estudos que demonstram que a ingestão superior a essa dose pode resultar em uma pequena diminuição do peso do feto e, em casos extremos, em abortos espontâneos. Por ter diversos resultados em análises clínicas, especialistas recomendam a interrupção ou a diminuição do consumo de café na gravidez.

Café envelhece?

 Mito.

Muito pelo contrário: o café pode ajudar a rejuvenescer a pele e, por isso, é bastante utilizado em produtos cosméticos. A biomédica Macíria Bezerra Freire Portilho afirma que os óleos essenciais do pretão, tais como ácidos graxos e linoléico, atuam, principalmente na pele, como anti-inflamatórios e antioxidantes.

Homem esfriando café

Tomar uma quantidade moderada de café por dia pode auxiliar na melhora da pele.

Dessa forma, o café auxilia nos tratamentos com foco em redução das celulites e medidas corporais, bem como no controle de acne em peles propensas a essa patologia.

É importante lembrar: nunca comece nenhum tratamento antes de consultar especialistas. 

Café ajuda a curar ressaca?

Mito. 

Na verdade, o pretão não ajuda a curar ressaca, ele apenas diminui a dor de cabeça que acompanha ela. As pesquisadoras Rita Alves, Susana Casa e Beatriz Oliveira afirmam que, devido à especificidade de vasodilatação e ao efeito analgésico do café, ele auxilia na diminuição da cefaleia, isso, claro, dependendo da dose ingerida. 

Café vicia ou estimula vícios?

Mito. 

Ao contrário do que se acredita, o café e a cafeína não viciam ou estimulam vícios.  Na maioria dos estudos feitos com consumidores do pretão, o grupo parece não desenvolver dependência deste composto. 

No entanto, foi verificado que, quando adquire-se o hábito de tomar café regularmente e essa atividade é interrompida abruptamente, há o surgimento de sintomas muito comuns na abstinência, como dor de cabeça, arritmias, sonolência, ansiedade, entre outros. Por isso, pode ocorrer o equívoco de pensar que o café vicia. 

No entanto, ao contrário de abstinência por vícios, a do café não acontece se a interrupção do consumo for realizada de maneira gradual. 

Cafeína em excesso faz mal?

Verdade.

De acordo com a nutricionista Gabriela Parise, os estudos em relação ao consumo do café evidenciam uma associação em “J”, ou seja, quanto maior a ingestão, maior o risco de trazer malefícios.

Caso uma pessoa que não ingere café regularmente consuma 250 mg (equivalente a três xícaras) de cafeína, algumas consequências ruins podem acontecer, como o aumento da frequência cardíaca. 

Por isso, pessoas com hipertensão arterial, com cardiopatias isquêmicas e com crises de angina devem, sobretudo, evitar o excesso da bebida.

Homem servindo café em uma xícara preta

É importante manter o controle e consumir cerca de uma a duas xícaras por dia de café.

Café tira o sono?

Verdade. 

A cafeína presente no café é um psicoativo com efeito estimulante. Isso significa que é capaz de melhorar o desempenho cognitivo e psicomotor do consumidor, ou seja, aumentar o estado de alerta, a energia, a capacidade auditiva e a focalização. Dessa forma, é evidente que quem ingere xícaras da bebida apresenta menos sonolência e cansaço.

Aliás, por isso é indicado não consumir o pretão durante à noite — a não ser que seja o descafeinado!

Com alguns dos principais mitos e verdades do café revelados, vai ficar ainda mais saboroso degustar o pretão sem peso na consciência, não é mesmo? Lembre-se sempre de verificar a qualidade do café que consumir. 

Para ficar por dentro das novidades, assine a newsletter do Moka Clube e não perca nenhum conteúdo. 

Cadastre-se no Moka e se torne um coffee lover!

* Obrigatório




Cadastre-se para receber conteúdo exclusivo e garanta o desconto em sua primeira compra.GANHE 15% DE DESCONTO EM TODOS NOSSOS CAFÉS

Site protegido por reCAPTCHA e Google Política de privacidade e Termos de serviço aplicados.