Carrinho

Quem está começando a se aventurar no universo cafeeiro sempre fica curioso para saber quais são os melhores cafés do Brasil. Ficar de olho nas premiações que acontecem é uma boa maneira de conhecê-los.

Então, para que você possa ter o prazer de degustar os melhores cafés do Brasil, preparamos este post. Nele, você vai descobrir como eles são escolhidos e quais foram as regiões vencedoras em 2018. Mas, antes, vamos entender mais sobre a importância desse grão. Vamos lá!

Brasil: o país dos cafés

O desenvolvimento da cultura cafeeira se entrelaça com a própria história do país devido à sua importância econômica e social. As condições ideais de cultivo do grão, junto à mão de obra abundante da época, permitiram que a indústria do café explodisse.

Assim, na década de 1940, o Brasil tornou-se o maior produtor do mundo. Posteriormente, tornou-se o maior exportador. Mesmo que, atualmente, outros países estejam aumentando a sua produção, nosso país ainda é o responsável por cerca de ⅓ da produção mundial.

Essa admiração no mercado externo se deve à variedade e à qualidade de seus grãos. Isso nos mostra que o Brasil tem atendido às necessidades básicas do mundo, tendo um papel fundamental no mercado cafeeiro internacional.

Mas você já sabe quais são os principais tipo de cafés cultivados no Brasil? Veja no próximo tópico!

A especialidade brasileira

No país, existem diferentes regiões que cultivam os dois tipos principais de café: arábica e robusta. Porém, o arábica representa a maior parte da produção mundial, inclusive no Brasil, com suas variedades Bourbon, Mundo Novo e Catuaí.

O arábica é uma bebida doce e ligeiramente ácida; já o robusta resulta em um sabor achocolatado e é considerado, por alguns, como de qualidade inferior. Em geral, o café tradicional que bebemos no Brasil — aquele com sabor intenso e amargo disponibilizado em supermercado —, é uma mistura de ambas as espécies.

Ainda, o custo do tradicional é menor, pois o café robusta é menos valorizado do que o arábica devido à sua baixa complexidade sensorial e alta presença de defeitos. Enquanto os cafés especiais são feitos com grãos perfeitos e torrados de modo que expressem toda a sua potencialidade sensorial.

Mas o que faz um café especial ser reconhecido? Descubra a seguir.

Eleição dos melhores cafés do Brasil

Os cafés especiais são submetidos a um sistema de classificação complexo em concursos, como o Cup of Excellence. Trata-se de é uma competição realizada em vários países para identificar os cafés produzidos com a mais alta qualidade.

O voto é dado por profissionais e apreciadores da bebida do mundo todo, que avaliam os grãos nas categorias “Pulped Naturals” e “Natural”. Mas, para chegar até a comissão julgadora internacional, os lotes de cafés precisam ser selecionados durante a fase nacional.

No Brasil, a BSCA é a organizadora oficial do concurso. A comissão de degustadores classifica os cafés quanto ao tipo, cor, aspecto, umidade, defeitos e qualidade da bebida. Aqueles que alcançam ao menos 80 pontos de um total de 100 na escala da SCAA vão para a competição mundial.

Quer saber quais foram esses cafés? Então, continue acompanhando a leitura!

Os destaques em 2018

O principal concurso de qualidade de cafés especiais garimpou os cafés nacionais mais diferentes e que apresentaram um alto nível de excelência. Os destaques de 2018 são os cafés da empresa Primavera Agronegócios, na Chapada de Minas Gerais, que venceu na categoria “Pulped Naturals” com a nota 93,89 pontos.

Já o cultivado na Fazenda Paraíso, na região de Denominação de Origem do Cerrado Mineiro, venceu a categoria “Naturals”, com 93,26 pontos. Também se destacaram os cafés produzidos pelas fazendas nas Matas de Minas, na Identificação de Procedência da Mantiqueira de Minas, na Chapada Diamantina da Bahia e no Sul de Minas Gerais.

Como vimos, não temos só uma quantidade enorme de cafés, também temos qualidade. Que tal apreciar os melhores cafés do Brasil? Existe uma infinidade de aromas e sabores que podem agradar seu perfil. Para transformar essa experiência em algo incrível, você pode adquirir café verde e torrá-lo em casa.

Imagina pode beber uma xícara de café com grãos que você mesmo torrou! Então, descubra como a torra doméstica pode ser seu hobby.