Skip to main content

Carrinho

Existem diversos tipos de preparos do pretão, desde os coadores de papel até as cápsulas de máquinas automáticas. No entanto, todos esses métodos produzem muito lixo e não são tão bons assim para o meio ambiente. 

Você sabia que é possível deixar de produzir essas impurezas e aproveitar o melhor do grão sem o peso na consciência? Isso mesmo! Com uma proposta mais consciente e responsável, o filtro de café ecológico reutilizável é perfeito para você não deixar resquícios de resíduos que possam prejudicar o nosso ecossistema. Legal, não é? 

Continue a leitura do texto para conferir como preparar um pretão bem saboroso sem gerar lixo e prejudicar o meio ambiente. 

Café e sustentabilidade combinam?

Sim! Café e sustentabilidade devem (e andam) lado a lado. E essa não é só uma prática possível de ser realizada na hora do preparo em casa. Atualmente, nas fazendas cafeicultoras, é possível ver, cada vez mais, produtores se preocupando com o impacto das lavouras no meio ambiente. 

Inclusive, um dos selos de certificação do pretão especial é sobre a sustentabilidade na cadeia produtiva do grão. Entre os aspectos a serem cumpridos estão:

  • Responsabilidades sociais: incluem segurança do trabalho, proibição do trabalho infantil, entre outros
  • Responsabilidades ambientais: dizem respeito a mananciais de água protegidos e preservados, agrotóxicos registrados para a cultura de café, entre outros
  • Responsabilidades econômicas: permitir o re-investimento no setor, a remuneração dos trabalhadores pelo preço do mercado, entre outros 
Dois homens carregando sacos de café nas costas em uma plantação do grão.

É preciso estar atento quanto à responsabilidade ambiental na cadeia produtiva do grão.

Dessa forma, a sustentabilidade foi criada para proteger o meio ambiente e o bem-estar das pessoas envolvidas na produção de café. Este é um dos principais pontos que o consumidor precisa estar atento na hora de decidir em qual café investir. 

Em casa, também é possível ser sustentável. Para além de escolher cuidadosamente a marca do café especial e verificar se a cadeia de produção segue os pontos destacados acima, um bom exemplo de como fazer isso é evitar gerar lixo enquanto prepara o seu pretão favorito. 

Atualmente, existem diversas técnicas de passar a bebida que geram zero resíduos sem perder sabor, aroma e corpo do grão.  

Dicas para ser mais sustentável

Pensando em como preparar e consumir o café de uma forma mais amiga do meio ambiente, separamos algumas dicas para ser sustentável e para você começar a aplicar no seu dia a dia. Confira!

Use filtros de café ecológicos e reutilizáveis

Para o coffee lover que adora um bom coado, um dos produtos sustentáveis amigo do meio ambiente é o filtro de café reutilizável, como o de tecido e o Pour Over da Hario. Esses materiais podem ser utilizados mais de uma vez, sem o descarte de resíduos após o uso. É só lavar e ele está pronto para preparar outro pretão. 

O coador de pano é feito totalmente de algodão em formato cônico e com anel de metal para segurar o tecido; a simplicidade fala mais alto nessa forma de coar. É um ótimo utensílio para os cafés especiais. O preparo resulta em uma bebida muito cremosa.

Coador de café de pano com xícara embaixo.

Para tomar um café ecológico, é só prepará-lo com coador reutilizável.

Já o Pour Over é um método de preparo muito parecido com o Hario V60, no entanto, ao contrário dos tradicionais, não é necessário utilizar filtro de papel. Isso acontece devido às malhas de aço com tramas finas que garantem grande retenção de resíduos. No copo, vemos os óleos essenciais do café.

Outra opção é o filtro de café coador de aço inox reutilizável permanente ecológico. Assim como o Pour Over, o produto possui uma malha de aço inox com tramas bastante finas e uniformes, o que resulta em uma bebida suave com doçura e acidez acentuadas. Nesse método, a moagem precisa ser média ou fina.  

Banner para comprar cafés online

Atente-se aos indicadores de qualidade

Como já colocamos acima, é importante se atentar aos indicadores de qualidade e investir em cafés com selos que sinalizam a sustentabilidade do produto. Um deles o de Orgânico, que indica que o grão foi produzido sem outilizar nenhum adubo químico, agrotóxico, radiação ou substância geneticamente modificada. Essa certificação também reconhece a harmonia ecológica nas práticas de manejo. 

Outros selos de certificação sustentável são o RainForest Alliance e o UTZ. A primeira é uma organização sem fins lucrativos que garante a responsabilidade dos negócios em produções agrícolas, bem como florestais ou turísticas. Ela também assegura a conservação da biodiversidade, dos recursos naturais do país e o bem-estar das pessoas.

A UTZ surgiu na Holanda em 2002 e tem como objetivo implantar a sustentabilidade no mercado mundial. Esse selo garante a responsabilidade de critérios sociais e ambientais nas lavouras. Para além do café, a UTZ abrange as produções de chá, cacau e avelã. 

Selos de certificação de sustentabilidade

Selos que garantem a sustentabilidade do café: Orgânico, RainForest e UTZ, respectivamente.

Troque copos descartáveis por xícaras

Para além do preparo, o consumo do café precisa ser consciente. Dessa forma, nada melhor do que trocar os copos descartáveis – que geram muito resíduo – por xícaras e canecas que podem ser lavadas e reutilizadas. 

Pode parecer pouco impactante essa troca, afinal, o que um copo descartável a mais pode causar de dano para o meio ambiente? No entanto, engana-se quem pensa assim. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), estima-se que, diariamente, apenas no Brasil, sejam consumidos cerca de 720 milhões de copinhos de plástico, gerando cerca de 1.500 toneladas de resíduos.

Dessa forma, se uma grande parcela da população tiver essa consciência e começar a usar copos e xícaras reutilizáveis, é possível reduzir drasticamente esse número e não prejudicar o meio ambiente.

Reaproveite a borra do café

Para evitar sobrar qualquer resíduo na preparação do café, uma boa ideia é reaproveitar a borra. Com diversos benefícios, são várias as funcionalidades da substância – muito mais do que prever o futuro – que geralmente vai para o lixo. 

Se você está se perguntando para que serve a borra de café, ela é ótima, por exemplo, para adubar as plantas. Esse material é rico em muitos nutrientes essenciais para o desenvolvimento de vegetações, como  o potássio, o nitrogênio e o magnésio. 

Ainda sobre as plantações, o adubo também funciona como um poderoso antipragas, já que diversos parasitas, a exemplo de lesmas e lagartas, não gostam da cafeína. Para que o resíduo funcione, basta acrescentá-lo perto da raiz da vegetação e pronto.

Outra ótima forma de reaproveitar a borra é como esfoliante natural para o rosto. Por ser rica em antioxidantes, ela atua no rejuvenescimento da derme. Para fazer uma boa esfoliação, aplique a borra do café na pele em movimentos circulares e enxágue em seguida.  

Viu como é fácil preparar o pretão sendo sustentável e sem gerar resíduos? O café é um grão muito rico e pode ser utilizado de diversas formas. Coloque essas dicas em prática hoje mesmo, o meio ambiente agradece. 

Para conferir mais produtos sustentáveis do Moka Clube, basta clicar no banner abaixo.