Skip to main content

Carrinho

Tente imaginar aquele café quente exalando o aroma tão característico, bem encorpado e com o verdadeiro sabor do espresso a la Itália. Muitos dizem que as cafeteiras italianas fazem o melhor café do mundo. Será que é verdade? Entenda a história, confira as sete melhores tipos de cafeteira italiana e saiba como elas funcionam.

Dono de um espírito inovador e criativo, o engenheiro e empresário Alfonso Bialetti inventou um produto que revolucionou o mercado de café no mundo: a cafeteira Moka ou italianinha. O nome é uma homenagem à cidade de Moca, no Iêmen, local de cafés excepcionais. Mas você sabia que existem diferentes tipos de cafeteira italiana?

A Moka original sofreu poucas transformações desde a sua criação em 1933. Até ganhou versões coloridas e algumas no estilo retrô, mas manteve o formato parecido com o original: o modelo bialetti moka express, que até hoje é o mais comercializado. 

E aí, vamos conhecer mais sobre essa máquina a vapor de fazer café? Continue a leitura!

Clique para acessar a loja virtual do Moka Clube.

Como usar uma cafeteira italiana?

Bialetti teve a ideia do funcionamento da Moka ao observar mulheres lavando roupas em um caldeirão. A água quente e o sabão em ebulição subiam pelos tubos até os tanques. O italiano trocou o cesto pelo filtro e as roupas pelo pó de café. Assim, desenvolveu um método de extração que funciona por pressão da água.

A Moka tem dois compartimentos. O pó de café é comportado entre eles, em uma peça de metal com vários furos minúsculos. Estes servem para que a água colocada na parte de baixo (que fica em contato direto com o fogo) passe pelo café ao subir.

Já a parte de cima apresenta um pequeno tubo com dois orifícios. O café passa por eles em virtude da pressão que a água exerce quando aquecida. O nicho de cima também tem uma placa de metal com furinhos para que o pó de café não suba com a água em direção à superfície.

Cafeteira italiana tombada.

As cafeteiras italianas preparam bebidas deliciosas.

4 passos para melhorar o café feito na italianinha

O resultado do processo explicado anteriormente é um café italiano denso e encorpado, que lembra o espresso. Porém, na hora de preparar seu pretão na cafeteira italiana, vale seguir alguns conselhos para melhorar a qualidade do café:

  • coloque água e pó nas medidas certas para fazer a pressão ideal;
  • desligue o fogo quando a ebulição começar para não queimar a bebida;
  • use a moagem certa (nem tão fina nem grossa demais);
  • adicione gotinhas de águas na parte superior para seu café não amargar.

Quais as melhores cafeteiras italianas?

Agora que você já sabe como a italianinha funciona, vamos listar alguns dos melhores modelos. Escolha o seu favorito e experimente o verdadeiro sabor do café italiano todos os dias.

Tipos de cafeteiras italianas encontradas no mundo

1. Bialetti Break Alpina

Um dos tipos de cafeteira italiana na cor verde.

Em diversas cores, as cafeteiras italianas combinam com qualquer cozinha.

Se você quer ousar, que tal ter uma Bialetti Break Alpina? Com o estilo Robin Hood ou Peter Pan desse modelo, você é capaz de enfrentar qualquer desafio com muita energia. Ele também é feito com alumínio e apresenta um design charmoso de oito lados como as Mokas clássicas. 

2. Bialletti Mini Express

De diferentes cores, a Bialletti Mini Express tem um design inovador e diferente. O café é preparado diretamente nas xícaras, que ficam posicionadas em duas bases que nos lembram as máquinas de espresso. Assim, garantem a temperatura ideal enquanto bebemos.

3. Cafeteira italiana Mukka Express Bialletti

Cafeteira italiana com design estampado com manchas iguais ao do animal vaca.

O modelo Mukka foi projetado especialmente para confecção de cappuccinos e cafés com leite. Imagem: Reprodução | Bialetti.

Toda temática, a Mukka Express possui acabamento malhado, lembrando as vaquinhas, estampa que não é à toa. Isso se deve ao fato de que, além de produzir o clássico café italiano, é possível utilizar leite e fazer um delicioso latte ou cappuccino. Porém, atente-se: o leite é mais difícil de ser utilizado do que a água, por isso não desanime se não conseguir o resultado desejado na primeira tentativa. 

4. Cafeteira italiana Venus Imeltron

A cafeteira italiana Venus Imeltron tem um design moderno comparado aos outros modelos. Faz de 3 a 6 xícaras e consegue ir em todos os tipos de fogão, inclusive por indução.

5. Cafeteira italiana Cadence

Cafeteira italiana moderna. Design de um bule de chá.

Com design minimalista, a cafeteira elétrica Cadence une tradição com modernidade. Imagem: Reprodução | Cadence.

Essa opção de cafeteira é elétrica e, por isso, não precisa ir em uma fonte de calor. Feita com aço inoxidável, ela é mais moderna e mantém a temperatura do café, sem queimá-lo. Com bico afunilado, não pinga ou escorre servindo de 4 a 24 xícaras de café.

Cafeteiras italianas no Moka Clube

Chega de se perguntar “qual cafeteira italiana onde comprar”! O Moka Clube, além de oferecer o grão mais brasileiro, dispõe de utensílios para a preparação do pretão. Para os coffee lovers clássicos, que não abrem mão do sabor original de um espresso italiano, a Bialetti Nuova Moka Express é a cafeteira indicada.

6. Cafeteira Italiana Bialetti Moka Express

Cafeteira italiana tradicional.
Quer tradição? Então, a Bialetti Moka Express é o modelo ideal para você. Ela é feita de alumínio polido e envernizado, para que compostos químicos não sejam liberados no seu café, e segue o design do produto original. Além disso, tem uma válvula de segurança e um marcador de proporções de água e de café para você preparar seu pretão sem errar.

7. Bialetti aço inox Venus

Cafeteira italiana moderna, com design clean e sem muitos recortes.

Outro modelo do “homenzinho de bigode” é a Bialletti aço inox Venus. Ela reúne a qualidade e a tradição italiana com um visual sofisticado e arrojado. Além do seu estilo futurista, chama a atenção o fato de ser feita de inox, o que aumenta a sua durabilidade.

Para quem quer saber onde comprar pó de café para cafeteira italiana, o Moka Clube é o lugar. Opções de moagem grossa são as mais indicadas, pois permitem que a passagem da água pelo café seja realizada com facilidade. 

Utilize de 5 a 7 gramas de café para cada 100 ml de água. Depois de escolhido o grão, é só colocá-lo no filtro da cafeteira. Em seguida, disponha a água na parte inferior e leve o utensílio ao fogo. A bebida estará pronta quando aparecer na parte superior da cafeteira. Sirva quente e aproveite o momento.

Um clássico em todo o mundo, a Moka tem atraído os coffee lovers e conquistado seu espaço. Basta escolher um dos tipos de cafeteira italiana disponíveis na nossa loja para experimentar um café incrível todos os dias.

Banner para comprar uma cafeteira italiana no Moka Clube